True Friend

Mentalizei-me da mudança e comecei. Comecei a escolher os meus amigos. Aqueles que sempre me ajudaram e não aqueles que são falsos. E tenho muitos amigos que me ajudaram. Principalmente uma rapariga. Uma rapariga especial para mim. Ela ajudou-me em todos os momentos: quando eu estava mal, ela estava lá. E não, não é uma simples pessoa. Ela é verdadeira e diferente... Gosto muito dela, e sempre irei fazer o mesmo quando ela estiver mal. E gostava de passar a secundária com ela. E não gostava de me afastar dela tão rápido... Gostava porque ela é uma amiga. Enquanto há pessoas que não são. Não são verdadeiros. E ela ao contrário, é muito simpática, engraçada e muito cuidadosa! E é por isso que eu gosto muito dela!

Obrigado, Margarida. Por tudo :)

Comentários

  1. Quando escreveste isto pensas-te " Perfeito ".
    Escreves o quão especial ela é para ti, e dizes que ela é uma amiga óptima. No dia seguinte todos dizem que gostas dela. Como te sentiste? Eu sentiria-me um pouco estranha, visto que isso (não) é verdade. Isso apenas tu sabes, se gostas dela ou não...
    O que uma pessoa escreve no blog é algo do género... " sagrado ". Ninguém tem o direito de te julgar em relação àquilo que publicas no TEU blog. Porque ele é teu, e tu escreves aquilo que queres.
    Eu acho que fizeste muito bem em publicar isto, pois se é isso que achas, à cerca dela, está certo o que escreveste. Se gostares dela, ninguém terá o direito de dizer que estás errado. Porque isso é um sentimento, que se lixem os outros. Apenas não ligues ao que os outros dizem. Se eles não gostam que gostes, então azar o deles.
    Sinceramente, concordo contigo. A Margarida é tudo isso, e muito mais!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares