Oh well...

Para mim foste a rapariga com quem eu mais me senti à vontade. Adorava dar-te toda a minha atenção e todo o carinho que tinha para dar.
Fui um estúpido em abandonar-te. E ficaste sozinha. A todas aquelas tardes passadas contigo parece que foram em vão. Parece que tudo nunca aconteceu, para além de eu as guardar no coração.
E depois? Voltamos a falar. E ainda gostava de ti, porque vim a descobrir mais logo quando te vi passado aquele tempo todo. Mas escolheste outro rapaz. Escolha que eu já devia estar à espera porque tu és uma caixinha de surpresas. E sinceramente nunca pensei que tomasses essa decisão. Julgava-te outra pessoa. E julgava-me teu amado. Até pensava que voltassemos mas não.
Agora aqui, sentado no sofá, ainda penso naquele momento... Como poderia ter mudado tudo. E agora tudo seria diferente. Não gosto de pensar que a culpa foi minha, mas nós os dois sabemos que sempre foi. Seguiste em frente e não te culpo! Olha, eu fiquei na mesma. Não tenho muito jeito para as raparigas e não queria entrar em mais nenhuma relação. Não queria que ela sofresse nem eu. Portanto fiquei como estava.
Só espero que sejas feliz com ele, o que eu duvido, mas é tudo o que eu quero. Respeito as tuas decisões, mas foste uma parva

Comentários

Mensagens populares