...

Como já devem ter reparado, não tenho escrito aqui muito mas isso é porque o meu carregador do pc se foi abaixo. Agora passo os dias sem fazer completamente nada, apenas ver tv, tocar guitarra e orgão e sair muitas poucas vezes. Nestes últimos dias tenho-me recordado de todos os momentos que passei com ela. Ela gostou de mim, e eu fi-la sofrer, deixando-a sozinha. Sempre teremos aquela cumplicidade, é verdade, mas seremos apenas amigos. Ela vai ser feliz e eu também vou ser dentro dos possíveis. Não a posso obrigar a gostar de mim porque isso seria estúpido, mas a única coisa que lhe posso fazer é deixa-la ser feliz à maneira dela. É verdade que me vou afastar, mas nunca deixarei de gostar muito dela. Não a posso obrigar a estar sempre a ouvir-me e a relembrá-la do passado. Portanto vou tentar seguir na minha vida também. Vejo que cresci em todos os sentidos. Desde o primeiro post, que vi aqui neste blog, aos últimos vejo que muita coisa mudou. Gostei de ser criança. Gostei de sonhar, apesar de ainda o fazer inúmeras vezes. Mas também tenho de olhar em frente :)

Comentários

Mensagens populares