Três anos


Ela é a mulher mais bonita que alguma vez os meus olhos choraram, quais lágrimas de ouro e suspiros de saudade;


Quinta-Feira, tinha chegado da universidade; assim que fechei a porta da cozinha, tu chegaste.

Olhos castanhos quais bolotas, cabelo louro nos olhos e sob as costas; sorriso aberto e voz harmoniosa. Entra em casa. Perfume irresistível, tu tens. Amor magrinho, mas mente sã.

"Amo-te.", pois amo. "Quero-te.", pois quero. Quero-te a estremecer perto de mim, beijos demorados; respiração demorada, raramente pausada. Mas pausada. Mente sã e serena... Voz harmoniosa que me deixa a dormir em lençóis de pena, atmosfera primaveril, danças contemporâneas e eróticas; suor desgastado, vida suada.

Se o mundo acabar, se morrermos de tanto bebermos a vida, de refrigerantes ao meio-dia, continuamos a sonhar no mundo que nós queremos.

Tudo isto na cozinha.

Ainda bem que chegaste.

Ainda bem que entraste na minha vida. Não abales.

Comentários

Mensagens populares